Notícias e Informações

Voltar  |  Home

  • eduardowdcom

Estudo nos EUA atrela poluição à maior letalidade por COVID-19


Análise de 3.800 municípios norte-americanos feita por pesquisadores da Escola de Saúde Pública TH Chan da Universidade de Harvard descobriram que níveis mais altos de minúsculas e perigosas partículas no ar conhecidas como PM 2.5 estavam associados a taxas mais altas de mortalidade pelo novo coronavírus.

Segundo o estudo, a exposição frequente e a longo prazo à poluição aumenta a vulnerabilidade a consequências mais graves durante acometimento pela COVID-19. A perspectiva apresentada é que se Manhattan tivesse reduzido sua poluição pelas últimas duas décadas o bairro teria, nesse momento, 248 mortos a menos.

Confira texto na íntegra AQUI

3 visualizações0 comentário

Últimas notícias sobre o Coronavirus

acesse a Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Telemedicina na CardiologiA

diretriz-telemedicina.jpg

EMERGÊNCIA

GLOBAL

ATENÇÃO

NACIONAL

ESTE WEBSITE, DESENVOLVIDO PELA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA, TEM COMO OBJETIVO COLABORAR COM AS AUTORIDADES SANITÁRIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, DIVULGANDO INFORMAÇÃO CIENTÍFICA A RESPEITO DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS SARS-Cov-2 (COVID-19), PRIMEIRO NOTIFICADO NA CHINA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2019, E ATUALMENTE DISSEMINADO EM TODO O MUNDO.
 

ESSA PÁGINA DEVE SER VISITADA DIARIAMENTE PARA QUE DADOS ATUALIZADOS SEJAM DO CONHECIMENTO DE TODOS, E EM ÚLTIMA INSTÂNCIA, RESULTEM EM MAIOR SEGURANÇA DA POPULAÇAO E DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.

logo-cardiol.gif
fiocruz.png

SBC 2020  -  Todos os direitos reservados.