Notícias e Informações

Voltar  |  Home

  • Dehlicom

Estudos com 17 milhões de pessoas identifica fatores de risco cruciais


O maior estudo até então realizado reforça que detalhes como raça, etnia, idade e gênero podem aumentar as chances de uma pessoa morrer por COVID-19. Feita na Inglaterra, a análise envolveu mais de 17 milhões de pessoas e identificou os principais fatores de risco dentro da infecção pelo novo coronavírus.

Publicado na Nature, o estudo aponta que homens, idosos, minorias raciais e étnicas e aqueles com comorbidades estão sim entre os mais vulneráveis. "Isso destaca muito do que já sabemos sobre o Covid-19. Mas muita ciência é sobre repetição. O tamanho do estudo por si só é um ponto forte e é necessário continuar documentando as disparidades", disse Uchechi Mitchell, especialista em saúde pública da Universidade de Illinois em Chicago.

Confira AQUI a matéria

19 visualizações0 comentário

Últimas notícias sobre o Coronavirus

acesse a Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Telemedicina na CardiologiA

diretriz-telemedicina.jpg

EMERGÊNCIA

GLOBAL

ATENÇÃO

NACIONAL

ESTE WEBSITE, DESENVOLVIDO PELA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA, TEM COMO OBJETIVO COLABORAR COM AS AUTORIDADES SANITÁRIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, DIVULGANDO INFORMAÇÃO CIENTÍFICA A RESPEITO DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS SARS-Cov-2 (COVID-19), PRIMEIRO NOTIFICADO NA CHINA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2019, E ATUALMENTE DISSEMINADO EM TODO O MUNDO.
 

ESSA PÁGINA DEVE SER VISITADA DIARIAMENTE PARA QUE DADOS ATUALIZADOS SEJAM DO CONHECIMENTO DE TODOS, E EM ÚLTIMA INSTÂNCIA, RESULTEM EM MAIOR SEGURANÇA DA POPULAÇAO E DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.

logo-cardiol.gif
fiocruz.png

SBC 2020  -  Todos os direitos reservados.